• Av. Cidade Lisboa, Varzea, Praia, Cabo Verde
  • +238 911 77 77

Blog

Morna já é Património Imaterial da Humanidade

Por volta das 11 horas,  tempo universal, a Morna foi inscrita como Património Imaterial da Humanidade uma vez que a Comissão Técnica da Unesco,  “concluiu que a informação incluída no ficheiro de candidatura da Morna, satisfaz todos os critérios exigidos pela Lista Representativa do Património Cultural da Humanidade”. 

Nessa altura a Unesco felicitara o Estado de Cabo Verde pela sua primeira inscrição. O anuncio oficial em Cabo Verde, foi feito às 16h05 pelo Primeiro Ministro.

Brada Maria, escrita por José Bernardo Alfama,  em 1870, terá sido a primeira morna composta

A DB Protect - Segurança Privada, congratula-se com esta conquista da Nação Cabo-verdiana

Fiquem com a grandeza da morna, espelhada num momento de grande inspiração, quando Manel de Novas,  escreveu Biografia dum criol.

Nêss mundo nascê

Tudo nu peladim

Um’ bem ta espendê de tchom

Um’ prendêrastá

Um prendêsentá

 

Êssinsnam’ andá na tchom

Num ambiente modesto

 Pobre e feliz

Ta bai de môm em môm um criá

Bençoádopanhôrdeus

Um’ prendêcorrê

Um’ prendêtchmá  mãe, mamãe

Um prendêconchê gente

 

Brincá, gritá e cantá

Depôs já grandim

Sabido um’ falá

Pa escola êss mandam’ bai

Pa prendêalê

Pa prendêcontá

Prendê sina nha nome

Na nha juventude

 

Tude era banal

Na meio di bondade e amor

Mundo era ôte cosa

C’uns gente diferente

Tinha menos maldade ma ódio

Óne bá ta corrê

Nha mundo bá ta mudá

Um’ sai paestrangêr

 

Rodeód de fariseu

Na meio di fel má sangue

Um’ tive sabe e margôse

Sete mar um corrê

Tudo sempre ta aventurá

Na evolução di vida

 

Ma preto, ma brano

Um conchê mundo inter na trôte

Ta buscá progresso

Ta cumpri um distino

Nêss mundo cigano qui Deus dam’

Ma um’ ta sinti feliz

Di ter nascido cabo-Verdiano

Fontes: Unesco

             Letras e Cifras de Cabo Verde