• Av. Cidade Lisboa, Varzea, Praia, Cabo Verde
  • +238 911 77 77

Blog

SINDPROF exige encerramento das escolas a nível nacional devido ao agravamento dos casos

O Sindicato Democrático dos professores (SINDPROF) exigiu, hoje, o encerramento das escolas a nível nacional devido ao agravamento dos casos de COVID-19 no último mês. O sindicato defende igualmente que já é hora de pensar na vacinação dos professores, justificando que grande parte dos docentes têm vários de problemas de saúde.

A exigência do sindicato foi feita na sua página do Facebook, onde começa por se referir ao aumento do número de novas infeções e de mortes provocadas pela COVID-19.

“Ontem, 05 de Maio foi o dia com mais casos registados, 417 em todo o país com grande destaque para a cidade da Praia que continua a ser a cidade com mais casos e mais mortos registados. Os casos de COVID-19 nas escolas é uma realidade. Os números não param de crescer. As informações que temos é que são várias as escolas no país, em particular na Praia, onde há um grande registo de infecções”, refere.

Nesse sentido, o SINDPROF apela às delegações escolares no sentido de reverem, juntamente com as autoridades sanitárias tal situação, alegando que muitos professores são de alto risco, assim como a chance de transmissão comunitária do vírus torna-se mais frequente a partir dos alunos.

“Voltamos a repetir, temos, neste momento, vários professores e alunos infectados, por isso, como temos vindo a defender, a vida está em primeiro lugar. É preciso agirmos antes que seja tarde! Sejamos todos responsáveis”, reitera.

O sindicato recorda ainda que no ano passado tinha debatido o assunto na sua página e que apesar das críticas, depois verificou-se que foi uma medida que ajudou “imensamente” na diminuição dos casos de COVID-19.