• Av. Cidade Lisboa, Varzea, Praia, Cabo Verde
  • +238 911 77 77

Blog

Está de regresso a banda do “primeiro espaço” da cultura cabo-verdiana em Lisboa

A Banda musical «Monte Cara», criada por Bana em Lisboa em 1976, já se apresentou ao vivo no B.Leza no dia 27 de Maio e quer gravar um disco com recurso a  financiamento colaborativo, (crowdfunding).

O projecto chama-se “Re: Imaginar Banda Monte Cara - e a recolha de fundos, prossegue até 17 deste mês de  Junho tendo começado  no início de Maio.

Reforçando o pedido de apoio  - para a Banda voltar a estúdio, serão necessários 4500 euros, embora  o montante recolhido ainda está longe disso !-,  por isso a Banda «Monte Cara», apresentou-se ao vivo no B.Leza, na noite de 27 do mês passado.

Monte Cara, foi “o primeiro espaço da cultura de Cabo Verde em Portugal que, para além de clube, foi importante para o aparecimento de jovens músicos que popularizaram a música destas Ilhas  no mundo, como Tito Paris, Paulino Vieira, Cesária Évora e o próprio Bana.”

Alcides Nascimento, filho de Adriano Gonçalves (Bana), refere-se  ao espaço e à Banda – conforme a Agência Lusa - , como “uma incubadora de artistas e músicos africanos”

O objetivo  deste renascer das cinza é  gravar um disco com grandes sucessos da época”, em que a banda foi criada, diz  o cantor Leonel Almeida, que integra a renascida banda do Monte Cara juntamente com Manuel Paris (baixo), Zé António (guitarra) e Toy Paris (bateria e percussão), aos quais se juntaram, ainda “mais dois filhos queridos”: Toy Vieira (teclado e piano) e Tito Paris (arranjos musicais),  o que  será também uma forma de “matar saudades”: “Muita coisa mudou, agora somos todos cotas, mas a alma está cá” conclui Leonel Almeida.